3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Curiosidades de 'O bandido da luz vermelha'


- "O bandido da luz vermelha" é considerado o maior representante do cinema marginal. O roteiro, de autoria do próprio diretor, é livremente baseado na história de João Acácio Pereira da Costa, bandido catarinense que, em 1967, atormentou a polícia paulista.

- O diretor Rogério Sganzerla foi homenageado no Dia Nacional da Cultura e do Cinema Brasileiro, em 5 de novembro de 2003, com a exibição do longa-metragem.

- Sganzerla tinha apenas 22 anos quando realizou o filme.

- Os atores que interpretam os locutores de rádio receberam instruções de Rogério e de Silvio Renoldi, responsável pela montagem do filme para "carregar no tom debochado" de narração policial sensacionalista. Os locutores de rádio acompanham o filme e são ouvidos pelos espectadores, mas não pelos personagens. Eles falam como jograis, numa paródia de programa policial popular de rádio, com as informações dramatizadas pela ênfase das entonações

- No Festival de Brasília, em 1968, venceu nas categorias de melhor figurino, melhor diretor, melhor montagem e melhor filme.

- Além do longa a vida de João Acácio Pereira da Costa também foi tema de um epsódio do programa   Linha Direta Justiça da Rede Globo.

0 comentários: