3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Curiosidades de Tempos Modernos

Produzido em três anos entre 1933 e 1936.


O filme era uma ficção há época que foi feito, Chaplin quis fazer um retrato de como achava que o futuro seria.

Neste filme se houve pela primeira vez a voz de Chaplin, sempre resistente ao cinema sonoro, usado desde 1927, em O Cantor de Jazz. Chaplin acreditava que não era necessário o cinema sonoro e que o cinema era uma arte essencialmente pictórica, e, enquanto pode, resistiu ao cinema falado.

Supostamente Tempos Modernos seria o primeiro filme de Charles Chaplin que utilizaria inteiramente um sistema de som. Entretanto, no filme apenas pode-se ouvir ruídos quando vozes são ditas por avisos de máquinas. Esta mudança foi feita pelo próprio Chaplin para tornar o som um símbolo da tecnologia e da desumanização no filme.

Este seria o último longa mudo da história, até o lançamento do filme O Artista em 2011, ganhador de 5 Óscar.

Este também foi o último filme em que Chaplin interpreta o personagem Carlitos.

As últimas palavras do Vagabundo foram "Smile! C'mon!"("Vamos lá! Sorria!") é fácil de ler lábios Charles Chaplin no final do filme.

O próximo filme de Chaplin lançado em 1940, O Grande Ditador seria seu primeiro filme completamente falado.

Na parte em que Chaplin canta no restaurante, ele canta uma música sem sentido misturando francês, espanhol e italiano.

Charles Chaplin permite a Vagabundo fale diante da câmera pela primeira vez durante a cena do restaurante na qual ele canta, mas insistiu que o que a ele diz fosse universal. Logo, é possível acompanhar a história que ele conta na canção, observando os seus gestos de mão.

Este filme causou muita polêmica por causa das críticas à Revolução Industrial e as citações sobre o comunismo e a social-democracia, enfrentando censura em muitos países, como a Alemanha Nazista.

Este filme foi considerado um pouco ousado pela época, pois uma lei proibia que se mostrasse filmes com consumo de drogas ílicitas, no caso do filme o rapé, usada por Chaplin na prisão onde este confundiu o rapé com sal.

O filme considerado um dos melhores de todos os tempos pela crítica e pelos cinéfilos, jamais recebeu alguma indicação ao Óscar, assim como o anterior de Chaplin Luzes da Cidade, talvez pelo fato de que quando Chaplin ganhou o Óscar Especial por O Circo, disse que iria deixar o prêmio para segurar a sua porta, mostrando seu desprezo pelo prêmio.

Durante as filmagens, Paulette Goddard ainda estava trabalhando por menos de US $ 100 por semana como uma corista para o Goldwyn Studios

Todas as canções de Tempos Modernos foram compostas pelo próprio Charles Chaplin.

Originalmente o filme terrminaria com a personagem de Charles Chaplin sofrendo um colapso nervoso. Esse final foi filmado, embora, aparentemente, apenas ainda fotografias da cena existam hoje (que estão inclusos na versão 2003 do DVD do filme). Chaplin desistiu deste final e criou um final diferente, mais esperançoso em seu lugar.

Em 2007, the American Film Institute classificou como #78 Greatest Movie of All Time.

0 comentários: