3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Curiosidades de A rosa púrpura do Cairo

Originalmente, seria Michael Keaton quem interpretaria os personagens Tom Baxter e Gil Sheperd. O ator chegou a gravar algumas cenas como o personagem, mas como o diretor Woody Allen não gostou do resultado, resolveu substituí-lo por Jeff Daniels.

O diretor Woody Allen já declarou por diversas vezes que A Rosa Púrpura do Cairo é, entre os filmes que fez, o que mais gosta.

Depois de uma prévia, falaram para Woody Allen que se ele mudasse o fim, o longa seria um grande sucesso. O diretor negou, dizendo que o final é um dos motivos que fez com que ele filmasse esta história.

Em uma entrevista pela Esquire, Woody Allen foi perguntado por que ele não fez um final feliz para o filme. Allen respondeu: "Esse *foi* o final feliz."

Jeff Daniels abriu um teatro em sua cidade natal, Chelsea, Michigan chamado "The Purple Rose."

Viggo Mortensen, o Aragorn de O Senhor dos Anéis teve um pequeno papel no filme, mas acabou cortado da versão final.

Em uma entrevista de uma revista belga, Viggo Mortensen, disse que estava muito orgulhosa de ter desempenhado um papel pequeno no filme durante um momento difícil de sua vida. Quando ele orgulhosamente levou toda sua família para uma sala de cinema para vê-lo, ele foi extremamente desapontado ao descobrir que todas as suas cenas foram cortadas do filme

0 comentários: