3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Curiosidades de Rei Arthur (2004)

O orçamento estimado de Rei Arthur foi de US$ 90 milhões.

No total, 2.500 trajes diferentes foram feitos para o filme.

No total, 300 espadas, 700 lanças e 350 machados foram feitas para o filme.

A réplica da Muralha de Adriano construída para o filme tinha um quilômetro de comprimento, cerca de 400 pés de altura, com uma passarela de 10 metros de largura na parte superior e teve um total de 300 pessoas ao longo de quatro meses para construir. O diretor Antoine Fuqua estava determinado a não usar CG para criar a parede como ele queria que os atores pudessem vê-la e ficar em pé nela.

Mais de 400 figurantes foram usados ​​como guerreiros saxões. A maioria deles nunca teve treinamento de luta

O filme conta uma história fictícia baseada em dados arqueológicos de que a lenda do Rei Arthur teria se originado em uma pessoa real, um comandante romano de nome Artur. Mistura as evidências históricas com elementos das lendas arturianas.

Apesar do tempo no filme parecer bastante frio, as filmagens de Rei Arthur ocorreram na Irlanda em uma época onde as temperaturas estavam bastante altas.

As locações utilizadas nas filmagens de Rei Arthur são praticamente as mesmas utilzadas por Excalibur (o filme de 1981 é uma das opções de nossa enquete, não deixe de votar!).

Algumas das cenas de batalha foram editadas de forma a diminuir a violência, com o objetivo de conseguir uma censura mais branda nos Estados Unidos.

A maioria das cenas de batalha principais foram filmadas usando 18 câmeras simultaneamente. Além das câmeras montadas, operadores de câmera também vestidos como extras e filmavam de dentro da ação. Câmeras também foram montados em escudos, espadas e cavalos.

De acordo com Ioan Gruffudd (Lancelot), o operador de câmera usava um capacete de moto e estava constantemente cercado por homens com escudos anti-motim por causa das cenas de ação intensas acontecendo ao seu redor.

Não há créditos de abertura, nem mesmo são citadas as empresas que produziram o filme.

Inicialmente seria Michael Bay o diretor de Rei Arthur, que deixou o projeto devido a problemas de orçamento.
Acho que não é assim Keira!

Para se preparar para viver Guinevere, Keira Knightley fez um extenso treinamento, que a fez lutar boxe, treinar com arco e flexa e luta de machado e até mesmo realizar levantamento de peso.

Em uma entrevista para o Express Magazine 24 de Julho de 2004, Keira Knightley revelou que seus seios foram digitalmente alterados nos cartazes do cinema americano para fazê-los parecer maior.

Jogo dos 7 erros? Ou seria o' antes e depois" de revistas?
De acordo com Ioan Gruffudd (Lancelot), ele levou meses para crescer a barba "rala" sports seu personagem durante o filme. Além disso, devido à sua herança celta (Gruffudd é galês), a barba foi crescendo em vermelho e teve que ser "pintada" a cada dia antes de filmar, para combinar com o cabelo castanho.

Keira Knightley supostamente quase matou um cavalo enquanto pratica seu arco e flecha para o filme.

Agora sim!
Ivano Marescotti não falava nada de Inglês quando foi escalado como Bispo Germanius, e teve que aprender a línguaao mesmo tempo que ensaiava o papel

O cavalo montado por Bors (Ray Winstone) no filme é o mesmo cavalo que foi montado por Maximus (Russell Crowe) em Gladiador.

A língua falada pelos Woads no filme é uma combinação de antigo gaélico e antigo galês, já que a verdadeira linguagem falada pelos pictos foi perdida.

0 comentários: