3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Os astros de Hughes

Diversos atores apareceram em vários filmes dirigidos, roterizados e/ou produzidos por Hughes. John Candy é o recordista pelo menos sete longas. Confira as parceiras de John Hughes (com destaque os filmes dirigidos por ele):

John Candy

Quem vê cara não vê coração
Antes só do que mal acompanhado
Ela vai ter um bebê
Esqueceram de Mim
As Grandes Férias
Mamãe não quer que eu case
National Lampoon's Vacation


John Ashton

A Malandrinha
Ela vai ter um bebê
Alguém muito especial







Macaulay Culkin 

Quem vê cara não vê coração
Esqueceram de Mim
Esqueceram de Mim 2 - Perdido em Nova York
Mamãe não quer que eu case





Bill Erwin

Esqueceram de Mim
Ela vai ter um bebê
Antes só do que mal acompanhado






Anthony Michael Hall

Gatinhas e Gatões
Mulher Nota 1000
Clube dos Cinco
Férias Frustadas






Larry Hankin 

Esqueceram de mim
Ela vai ter um bebê
Antes só do que mal acompanhado






John Kapelos

Gatinhas e Gatões
Mulher Nota 1000
Clube dos Cinco






Edie McClurg 

Flubber - uma invenção desmiolada
A Malandrinha
Ela vai ter um bebê
Antes só do que mal acompanhado
Curtindo a vida adoidado





Molly Ringwald

Gatinhas e Gatões
Clube dos Cinco
A Garota de Rosa-Shocking




William Windom

Milagre na Rua 34
Ela vai ter um bebê
Quem vê cara não vê coração
Antes só do que mal acompanhado




quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Filmografia John Hughes


Confira os filmes, escritos, dirigidos e produzidos por Hughes. Em alguns roteiros ele assinava com pseudônimo "Edmond Dantès", uma homenagem ao personagem principal de O Conde de Monte Cristo.


Como diretor
1984 - Sixteen Candles ( Gatinhas e Gatões)
1985 - The Breakfast Club (Clube dos Cinco)
1985 - Weird Science (Mulher Nota 1000)
1986 - Ferris Bueller's Day Off (Curtindo a Vida Adoidado)
1986 - Pretty in Pink (A Garota de Rosa Shocking)
1987 - Planes, Trains & Automobiles (Antes Só do que Mal-Acompanhado)
1988 - She's Having a Baby (Ela Vai Ter um Bebê)
1989 - Uncle Buck (Quem Vê Cara Não Vê Coração)
1991 - Curly Sue (A Malandrinha)

Como escritor e/ou roteirista
1982 - National Lampoon's Class

1983 - Nate and Hayes

1983 - National Lampoon’s Vacation (Férias Frustradas 2)
1983 - Mr. Mom (Dona de Casa por Acaso)
1984 - Sixteen Candles

1984 - Sixteen Candles (Gatinhas e Gatões)
1985 - The Breakfast Club (Clube dos Cinco)
1985 - Weird Science (Mulher Nota 1000)
1986 - Ferris Bueller's Day Off (Curtindo a Vida Adoidado)
1986 - Pretty in Pink ( A Garota de Rosa Shocking)

1987 - Planes, Trains &; Automobiles
1987 - Some Kind of Wonderful
1988 - The Great Outdoors
1988 - She's Having a Baby
1989 - National Lampoon's Christmas Vacation ( Férias Frustradas no Natal)
1989 - Uncle Buck

1990 - Home Alone (Esqueceram de Mim)

1991 - Curly Sue
1991 - Dutch
1991 - Career Opportunities
1992 - Home Alone 2: Lost in New York (Esqueceram de Mim 2 - Perdido em Nova York)
1992 - Beethoven ( Beethoven, o Magnífico) (como Edmond Dantès)
1993 - Dennis the Menace
1993 - Beethoven's 2nd (Beethoven 2) (como Edmond Dantès)
1994 - Miracle on 34th Street ( Milagre na Rua 34)
1994 - Baby's Day Out
1996 - 101 Dalmatians (101 Dálmatas)
1997 - Home Alone 3 (Esqueceram de Mim 3)
1997 - Flubber
2001 - Just Visiting

2002 - Maid in Manhattan (como Edmond Dantès)

2008 - Drillbit Taylor (como Edmond Dantès)

Como produtor

1984 - Sixteen Candles (Gatinhas e Gatões)
1985 - The Breakfast Club (Clube dos Cinco)
1985 - Weird Science (Mulher Nota 1000)
1986 - Ferris Bueller's Day Off (Curtindo a Vida Adoidado)
1986 - Pretty in Pink (A Garota de Rosa Shocking)

1987 - Planes, Trains & Automobiles
1987 - Some Kind of Wonderful
1988 - The Great Outdoors
1988 - She's Having a Baby
1989 - National Lampoon's Christmas Vacation
1989 - Uncle Buck
1990 - Home Alone
1991 - Curly Sue

1991 - Only the Lonely

1991 - Dutch
1991 - Career Opportunities
1992 - Home Alone 2: Lost in New York
1993 - Dennis the Menace
1994 - Miracle on 34th Street
1994 - Baby's Day Out
1996 - 101 Dalmatians
1997 - Home Alone 3
1997 - Flubber
2001 - New Port South

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Um pouco mais do diretor: John Hughes

Diretor, roteirista e produtor John Wilden Hughes, Jr., é considerado o rei das comédias adolescentes da década de 1980. Nascido em 18 de fevereiro de 1950, começou a carreira após abandonar a Arizona State University, escrevendo piadas para humoristas bem estabelecidos. Nos anos 70 escreveu para a revista National Lampoon, foi nessa época que começou a escrever roteiros.

A estréia como diretor foi em 1984, com Gatinhas e Gatões, o primeiro de uma série de obras que chamaram a atenção ao retratar o universo adolescente com simplicidade, verdade e ausência de censuras e julgamentos. É dessa época seu conjunto de obras consideradas clássicos da sessão da tarde, como Curtindo a Vida Adoidado e Clube dos Cinco.

Com receio de ficar marcado como diretor que só faz comédias adolescentes, em 1987 dirigiu Antes Só do que Mal-Acompanhado, com Steve Martin e John Candy. A mudança na temática continuou em seus próximos três filmes, Ela Vai Ter um Bebê, Quem Vê Cara Não Vê Coração e A Malandrinha. Nenhum deles repetiu o sucesso de suas comédias adolescentes. A Malandrinha (1991) foi seu último trabalho como diretor.

Seu maior sucesso comercial, no entanto, foi como roteirista. Esqueceram de mim, com roteiro de Hughes e direção de Chris Columbus (de Harry Potter e a Pedra Filosofal), foi o filme mais assistido de 1990, e detém o título de comédia live-action mais bem sucedida de todos os tempos. Além de transformar Macaulay Culkin em uma das estrelas mirins mais rentáveis dos anos 90.

Em 1994, Hughes voltou a morar em Chicago, afastado da vida publica, mas continuou a escrever roteiros e produzir filmes.  Em alguns deles assinava com pseudônimo "Edmond Dantès", uma homenagem ao personagem principal de O Conde de Monte Cristo.

Hughes morreu em 6 de agosto de 2009, aos 59 anos. Teve um ataque cardíaco durante uma caminhada em Manhattan, onde visitava parentes. No ano seguinte recebeu um tributo no Oscar, apresentados pelos outrora astros adolescentes de seus filmes.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

A Garota de Rosa-Shocking - 24 anos depois

Em 2010, para o 20 º aniversário da revista Entertainment Weekly, EW reuniu Molly Ringwald, Jon Cryer e Annie Potts para uma sessão de fotos e entrevista. Os três discutiram como estaria a vida de seus personagens depois de A Garota de Rosa-Shocking terminar.

O vídeo da reunião está disponível no YouTube. Confira:

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Curiosidades de A Garota de Rosa-Shocking

A Garota de Rosa-Shocking foi filmado na mesma escola de Los Angeles em que Grease - Nos Tempos da Brilhantina foi rodado;


O filme foi dedicado a Alexa Kenin e Bruce Weintraub. Kenin, que em A Garota de Rosa-Shocking interpreta a personagem Jena, foi assassinada em Nova York pouco antes do lançamento comercial do filme. O decorador/designer de produção Weintraub (que havia sido indicado ao Oscar por A Honra do Poderoso Prizzi) morreu de Aids aos 33 anos; A Garota de Rosa Shocking-foi o último filme que ele trabalhou antes de sua morte.

The Rave-Ups é a banda tocando na cena do clube. Molly Ringwald era fã de sua música e sua irmã teve um filho com um dos membros da banda. Além disso, em Gatões Gatinhas o nome do grupo está rabiscado na capa do caderno quee Molly está levando ao caminhar por um corredor.

Este é o favorito de Molly Ringwald entre os seus próprios filmes.

O libro que Andie entrega para Blaine na segunda vez que ele entra em Trax é "In His Own Write", de John Lennon.

O final original para este filme mostrava Duckie ficando com a menina. No entanto, as audiências de teste disseram que teria preferido ver a vitória Blane no coração de Andie. Além disso, Molly Ringwald estava doente durante as filmagens desta parte e John Hughes não estava satisfeito com a edição. Ele também estava preocupado que o público entendesse o final original como uma mensagem de que as pessoas pobres e pessoas ricas não pertencem juntos.

Alguém Muito Especial
John Hughes estava alegadamente descontente com o final. Ele queria Andie terminasse com Duckie. Mas o final do filme foi imposto a ele pelo estúdio. Em retaliação, Hughes fez praticamente o mesmo filme no ano seguinte com Alguem Muito Especial, um filme sobre um triângulo amoroso semelhante. Hughes queria Molly Ringwald para estrelar nele também, mas ela se recusou. Hughes levou para o pessoal, e terminou sua relação de trabalho com ela. Eles nunca trabalharam juntos novamente.

Quando o final foi refilmado, todos os principais atores tiveram de ser chamados de volta. Andrew McCarthy já tinha perdido uma quantidade significativa de peso e raspado a cabeça para um novo papel em uma peça de teatro de Nova York. Ele usa uma peruca castanha, mas é visivelmente mais magro nas cenas refilmadas.

"If You Leave", interpretada por Andy McCluskey, não era a canão original que Orchestral Manoeuvres in the Dark compôs para este filme. Sua canção "Goddess of Love" era a composição original, mas que não se encaixou quandoo final do filme foi alterado.

Ganhou o BMI Film & TV Awards - BMI Film Music Award - Michael Gore

Em 2010, para o 20 º aniversário da revista Entertainment Weekly, EW reuniu Molly Ringwald, Jon Cryer e Annie Potts para uma sessão de fotos e entrevista. Os três discutiram como estaria a vida de seus personagens depois de o filme terminar.


domingo, 25 de novembro de 2012

A Garota de Rosa-Shocking

Não teve para ninguém! A Garota de Rosa-Shocking recebeu 81% dos votos, para encerrar com chave de ouro cor de rosa o mês dedicado a John Hughes.

Pretty in Pink
1986 - EUA, cor, 96min
Comédia dramática

Diretor: John Hughes

Roteiro: John Hughes

Elenco: Molly Ringwald, Andrew McCarthy, Jon Cryer, Annie Potts, Harry Dean Stanton, James Spader.


sábado, 24 de novembro de 2012

Don't you (forget about me)


Foi O clube dos cinco que catapultou a banda Simple Minds ao sucesso fora de sua Escócia natal, graças à inclusão da música "Don't you (forget about me)" na trilha sonora do filme. No clipe, inclusive, aparecem algumas cenas do longa nas televisões que compõem o cenário. Aumente o som e cante junto!


Don't you (forget about me) - Simple minds


(Hey, hey, hey, hey)

Won't you come see about me
I'll be alone dancing, you know it, baby
Tell me your troubles and doubts
Giving me everything inside and out
And love's strange: so real in the dark
Think of the tender things
That we were working on
Slow change may pull us apart
When the light gets into your heart, baby

Don't you forget about me
Don't, don't, don't, don't
Don't you forget about me

Will you stand above me
Look my way, never love me
Rain keeps falling
Rain keeps falling
Down, down, down
Will you recognize me
Call my name or walk on by
Rain keeps falling
Rain keeps falling
Down, down, down, down

(Hey, hey, hey, hey)

Don't you try and pretend
It's my beginning
We'll win in the end
I won't harm you
Or touch your defenses
Vanity, insecurity

Don't you forget about me
I'll be alone dancing, you know it, baby
Going to take you apart
I'll build us back together at heart, baby

Don't you forget about me
Don't, don't, don't, don't
Don't you forget about me
As you walk on by

Will you call my name
As you walk on by
Will you call my name
When you walk away

Oh, will you walk away
Will you walk away
Oh, call my name
Will you call my name

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Rótulos

Certa vez Sue Silvester (de Glee) afirmou que o problema com a atual geração de adolescentes é que ela é obcecada por rótulos. Adotando-os com orgulho, mesmo quando não correspondem completamente a verdade. Ganhar rótulos na adolescência realmente é comum, mas nem de longe é um problema apenas desta geração.

Rótulos e estereótipos são o tema principal de Clube dos Cinco. Um atleta, uma patricinha, um nerd, uma esquisita e um rebelde, compartilham um sábado de detenção na escola. Depois do estranhamento e desentendimento inicial entre eles, começam a surgir características, e principalmente "vilões", em comum. Assim, não demora muito para descobrimos as pessoas além dos títulos comuns a estudantes estadunidenses.

Os tais vilões, é claro, são os adultos. Suas cobranças e falta de compreensão, segundo uma das personagens, atitudes geradas pelo fato de que com a idade seus corações morrem. Poético, "né"? 

Provavelmente a obra mais brilhante da carreira de Hughes, conhecido por fazer filmes para adolescentes que parecem escritos por adolescentes, sem no entanto deixar de tocar aqueles que já passaram por essa fase. Neste filme de confinamento, o diretor/roteirista usa os estereótipos do sub-gênero como ponto de partida para descobrir esses jovens como indivíduos complexos, por mais que seus problemas pareçam insignificantes (o que não são), para os adultos.

Tudo isso sem perder a capacidade de falar com os jovens, com seu modo de falar e seu (as vezes bom) humor. A linguagem é simples, as discussões não são uma análise, apenas um desabafo. Cabe a cada um dos personagens (e dos expectadores), tirar suas próprias conclusões, e crescer com elas.

Surpreendente, especialmente para quem está acostumado ao estilo "curtindo a vida adoidado" do diretor. Bem ou mal, festas, diversões e namoros, são parte importante da adolescência, mas não são as únicas. Este filme relembra as partes menos divertidas dessa fase da vida, sem criar um clima deprimente ou "intelectualizar" as coisas.

Curioso é que enquanto a geração Hughes lutou para se libertar dos rótulos, deixando uma mensagem duradoura. A geração Glee os carrega as "etiquetas"com orgulho. Algumas vezes fazem delas um escudo. Será mesmo a melhor opção? Atenção papais e mamães, que tal apresentar Hughes e seus discípulos ao adolescentes que vocês tem em casa?


quinta-feira, 22 de novembro de 2012

A "Pose dos Cinco"

Se você viu o filme, ou mesmo o poster conhece a pose. Uma das garotas deitadas, e seus companheiros sentados em diferentes níveis até parecer quase uma pirâmide.

A tradicional pose dos membros do Clube dos Cinco é uma das mais parodiadas, repetidas e homenageadas da história dos posteres. Duvida? Confira nossa incrivelmente extensa galeria.

Que tal aproveitar a oportunidade juntar 4 amigos, e reproduzir a cena???

Para o anuário de Hogwarts???


Não faço ideia de quem sejam.

Também não conheço esses!

Porque massacres e 2° grau tem muito em comum...


Inapropriado para menores
The virtual breakfast club

The Breakfast Avengers???

Cosplays esforçados
????

Os Jovens Titãs
Versão Tupiniquim

30 anos mais tarde....

Equipe do blog Matando Robôs Gigantes

Os mutantes do Prof. Xavier são especiais demais para posar como todo mundo. Os X-Men resolveram escolher uma pose exclusiva para sua foto!

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Tributos e prêmios



Silver Bucket of Excellence Award

Em 2005, a MTV anunciou que o filme seria premiado com o "Silver Bucket of Excellence Award" em homenagem ao aniversário de 20 anos no MTV Movie Awards. Para isso tentou reunir o elenco original. Sheedy, Ringwald e Hall apareceram juntos no palco com John Kapelos na platéia; Gleason deu pessoalmente o prêmio ao seus ex-colegas de elenco. Estevez não pôde comparecer ao encontro por causa de outros compromissos e Nelson apareceu mais cedo no show, mas saiu antes da reunião no palco por razões desconhecidas, o que levou Hall a brincar que os dois estavam "na África, com Dave Chappelle".

Na ocasião a  Yellowcard tocou uma versão de "Don't You (Forget About Me)". O show foi gravado em 28 de Maio de 2005 e exibido em 9 de Junho.



Oscar
A 82ª Cerimônia do Oscar, realizada em 2010 prestou um tributo a John Hughes reunindo Sheedy, Hall, Ringwald e Nelson, além de outros atores que trabalharam com o diretor, como  Jon Cryer, Matthew Broderick e Macaulay Culkin.

Em Setembro de 2010, o elenco se reuniu em um evento em Nova York para relembrar o diretor John Hughes.