3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Curiosidades de O Profissional

Inicialmente Natalie Portman  fora descartada para o papel de Mathilda por ser joven demais. Tinha apenas 11 anos. Mas ela voltou para as audições e impressionou o diretor Luc Besson ao apresentar intensa profundidade ao interpretar a cena em que Mathilda lamenta a morte de seu irmão. Confira o vídeo com a audição de Natalie aqui.

Liv Tyler foi considerada para o papel de Mathilda, mas, aos 15 anos, ela foi julgada velha demais.

De acordo com Luc Besson, o papel de Léon sempre foi destinado para Jean Reno e mais ninguém. No entanto, de acordo com a faixa informativa sobre a edição em DVD de luxo, Mel Gibson e Keanu Reeves estavam extremamente interessados no papel.

De acordo com Jean Reno, ele decidiu interpretar Léon como se ele fosse um pouco mentalmente lento e emocionalmente reprimida. Ele achava que isso iria fazer o público relaxar e perceber que ele não era alguém que iria aproveitar uma jovem vulnerável. Reno afirma que para Leon, a possibilidade de um relacionamento físico com Mathilde não é sequer imaginável, e como tal, durante as cenas quando tal relação é discutida, Reno permitiu a Mathilde estar emocionalmente no controle das cenas.

O roteiro original contém algumas cenas envolvendo uma desajeitada tensão sexual entre os personagens Léon e Mathilda. Estas cenas foram retiradas na versão americana do filme, mas esteve presente na versão lançada na Europa. Em DVD elas estão presentes entre as cenas deletadas.


Em 26 de junho de 1996, foi lançada nos cinemas franceses a versão do diretor de O Profissional, que tem 26 minutos extras.

Durante as filmagens, em uma cena envolvendo carros de polícia na rua, um homem saiu correndo de uma loja que ele tinha acabado de roubar. Quando encontrou o set de filmagens por acidente, e viu todos os "políciais", ele se entregou aos oficiais, que na verdade era figurantes uniformizados.

Natalie Portman afirmou que para fazer a cena em que estava vestida como Marilyn Monroe ela se inspirou em uma cena do filme Quanto Mais Idiota Melhor. Ela admitiu que no momento Léon foi filmado ela realmente nunca tinha visto qualquer filme estrelado por Monroe.

Natalie e o diretor Luc Besson
Stansfield diz que ele e seus capangas vão aparecer ao meio-dia. Na casa de León, vemos um relógio que mostra 11h58. A seqüência a seguir tem exatamente dois minutos e eles chegam exatamente ao meio-dia.

Mathilda cadastra a si mesma e Léon e sob o nome de "MacGuffin". "MacGuffin" é um termo cunhado pelo filme Alfred Hitchcock para um objeto que não têm a menor importância para quem assiste ao filme, mas pode ser imprescindível para a personagem da trama.

Os pais de Natalie Portman estavam extremamente preocupados com as cenas de fumo no filme. Por isso, antes de permitir que Natalie participasse, eles elaboraram um contrato com Luc Besson, com restrições à representação de fumar: só poderia haver cinco cenas de fumo no filme, Portman nunca seria vista inalando ou exalando fumaça e Mathilde desistiria do hábito no decorrer do filme. Todas as restrições foram respeitadas pela produção.

O personagem Léon tem este nome em homenagem a Léon Gaumont, inventor que desenvolveu técnicas cinematográficas no século XIX ao lado dos irmãos Lumiere. Gaumont é o nome da produtora do longa.

De acordo com Patrice Ledoux, Luc Besson planejado Léon como um "tapa buraco". Na época, ele já tinha começado a trabalhar em O Quinto Elemento, mas a produção foi adiada devido à agenda de Bruce Willis. Ao invés de demitir a equipe de produção e perder seu impulso criativo, Besson escreveu Léon. Ele levou apenas 30 dias para escrever o roteiro e as filmagens duraram apenas 90 dias.

Todos os interiores do apartamento de Léon foram filmados em Paris, todos as cenas do corredor do lado de fora foram filmadas seis semanas mais cedo em Nova York.


2 comentários:

André Betioli - Déh disse...

Não conhecia o BLOG!
Achei sensacional!

E para começar, ainda vi um post do meu filme favorito...

Como gosto desse filme.

Adorei o post e as informações contidas nele.

Parabéns pelo blog!
Voltarei outras vezes.

E já estou seguindo. rs

Se puder dar uma olhada no meu depois, agradeceria muito.

Um abraço.

André.

http://umvortice.blogspot.com.br/

Fabiane Bastos disse...

Opa! Seja sempre bem vindo.
Que bom que acertamos com o seu favorito.

É claro que vamos dar uma passadinha no seu blog também. Adoramos conhecer novos blogueiros cinéfilos!!!

Att...