3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Curiosidades de Os Pássaros

Alfred Hitchcock abordou Joseph Stefano (roteirista de Psicose) para escrever o roteiro, mas ele não estava interessado na história. O roteiro final (a partir de um conto de Daphne Du Maurier) foi escrito por Evan Hunter, mais conhecido pelos fãs de histórias de detetive sob o pseudônimo de Ed McBain.

A história de Daphne Du Maurier "Os Pássaros" foi originalmente comprada para uso na séries de televisão, de Alfred Hitchcock, Alfred Hitchcock Presents.

Alfred Hitchcock viu Tippi Hedren em 1962 em um comercial exibido durante o The Today Show e a colocou sob contrato. No comercial para uma bebida de dieta, ela é vista andando por uma rua e um homem assobia para sua figura magra, atraente, e ela vira a cabeça com um sorriso de reconhecimento. Na cena de abertura do filme, a mesma coisa acontece quando ela caminha em direção à loja de aves. Isso foi uma piada interna de Hitchcock.

Embora não haja nenhuma nota musical composta para este filme, o compositor e colaborador Bernard Herrmann é creditado como um consultor de som. De acordo com Norman Lloyd, foi idéia de Bernard Herrmann não usar a música.

O filme conta com 370 tomadas de efeitos. A cena final é um composto de 32 elementos filmados separadamente.

O corvo que fica no ombro de Alfred Hitchcock, em todas as fotos promocionais não estava no filme. Ele foi adquirido após o filme ter sido feito. Um membro da equipe estúdio comprou quando avistou a ave domesticada no ombro de um rapaz de 12 anos de idade, andando pela rua. O menino foi recebeu uma proposta de US$10, mas estava hesitante, até que ele descobriu para que era necessário.


Quando deixou a sessão de estréia do filme o público do Odeon, Leicester Square, em Londres, foi recebidos na rua pelo som de gritos e bater asas vindos de alto-falantes escondidos nas árvores para assustá-los ainda mais. Também participaram da premiere de Londres dois flamingos, 50 cardeais vermelhas e estorninhos e seis pinguins.

Tippi Hedren foi realmente cortada no rosto por um pássaro em uma das cenas.

A filha de Tippi Hedren, Melanie Griffith ganhou um presente de Alfred Hitchcock durante as filmagens: uma boneca que parecia exatamente com Hedren. A bizarrice foi agravada pela caixa de madeira ornamentada em que veio dentro, a garota pensou ser um caixão.

Este foi o primeiro filme a levar o nome da Universal Pictures depois de deixar o nome Universal-International.

A arte do famoso cartaz do filme onde uma mulher é retratada gritando não é Tippi Hedren, mas é, na verdade Jessica Tandy retirado da cena em que os pássaros descem pela chaminé.

Alfred Hitchcock não gostava de filmar no local, então ele filmou, tanto quanto possível no estúdio.

A cena clássica em que Tippi Hedren observa pássaros atacando os habitantes da cidade foi filmada no estúdio a partir de uma cabine telefônica. Quando Melanie abre a porta da cabine, um treinador de pássaros tinha treinado gaivotas a voar direto para ela.

Melanie usa o mesmo terno verde durante todo o filme, então Tippi Hedren tinha seis ternos verdes idênticos para as filmagens.

Antes do lançamento do filme, Tippi Hedren foi destaque na capa da revista com o título "A nova Grace Kelly de Hitchcock".

Alfred Hitchcock manteve um gráfico em seu escritório, traçando a ascensão e queda dos ataques de aves no filme.

Atriz Veronica Cartwright comemorou seu aniversário de 13 anos durante as filmagens de Os Pássaros.

Alfred Hitchcock aparece no início do filme, andando com dois cães para fora da loja de animais (os cachorros eram, na verdade seus).

A cena em que Tippi Hedren é devastada por pássaros perto do final do filme levou uma semana para filmar. As aves estavam presas às suas roupas por fios de nylon longos para que não pudessem fugir.

O filme não termina com o usual "THE END" porque Alfred Hitchcock queria dar a impressão de terror sem fim.

0 comentários: