3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Psicose II, III, IV

Ainda não temos certeza do porque, claro que sabemos por dinheiro, mas Hollywood insiste em fazer continuações, mesmo quando não fazem sentido algum. As de Psicose fogem do livro em que foi inspirado, e não tem qualquer relação com Hitchcock. O cineasta aliais já havia morrido na época em que as produções foram feitas.

Boas ou más as continuações estão aí. E são no mínimo uma curiosidade para qualquer cinéfilo. CUIDADO CONTÉM SPOILERS!!!!

Psicose 2
(Psycho II - 1983)
Direção: Richard Franklin

Traz de volta Anthony Perkins, e Vera Miles. Norman Bates é solto do sanatório após se mostrar uma pessoa curada. Ele vai convivendo em sociedade, cria vínculos com uma jovem chamada Mary, mas aos poucos Norman começa a se perturbar novamente com a história da mãe, e novos assassinatos vão acontecendo.



Psicose 3
(Psycho III - 1986)
Direção: Anthony Perkins

O estranho Norman Bates (Anthony Perkins novamente) continua administrando o pequeno motel à beira de estrada e pior, continua mantendo no quarto o esqueleto vestido de mulher a quem ele chama de "Mãe". Tudo vai bem até que uma nova hóspede aparece, uma jovem garota que acaba de deixar o convento e esta disposta a começar uma nova vida. Enquanto isso, o Motel Bates recebe mais uma inesperada visita, um jornalista sensacionalista que investiga fatos a respeito do terrível passado de Norman.



Psicose 4 - A Revelação
(Psycho IV: The Beginning - 1990)
Direção: Mick Garris

Um telefilme que traz novamente Anthony Perkins. Norman Bates deixou a clínica mental onde estava internado, após alguns anos no local. Ele se casou com a enfermeira Connie, que espera um filho seu. Entretanto, Norman teme que seu filho tenha os mesmos problemas mentais que ele teve. Um dia, ao ouvir um debate em um programa de rádio, onde o matricídio está em discussão, Norman resolve ligar para lá. Ele passa a contar uma série de fatos ocorridos em sua infância, envolvendo sua mãe Norma.


0 comentários: