3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

terça-feira, 29 de abril de 2014

Curiosidades de "X-Men: O Filme"

Este é o único longa dos X-Men que possui um roteiro original, todos os seguintes são baseados em tramas das HQs.
O diretor Brian Singer e o capacete de Magneto
A data de estréia do filme foi antecipada pelos executivos da Fox em quase 6 meses, o que fez com que o filme apenas fosse concluído poucas semanas antes da estréia oficial nos cinemas americanos. Além disso, as 500 cenas que utilizaram efeitos especiais foram encomendadas entre várias empresas, para que tudo ficasse pronto a tempo do lançamento.

X-Men - O Filme arrecadou US$ 55 milhões apenas em seu fim de semana de estréia nos Estados Unidos. No Brasil, o filme levou aos cinemas mais de 550 mil pessoas em seu primeiro fim de semana, tornando-se a 2ª melhor estréia da Fox no Brasil e a 3ª melhor estréia na história do cinema no Brasil.

A primeira cena rodada para o filme foi a cena da Cúpula Mundial sobre a Liberty Island, onde os representantes de cada país são recebidos. Dois dos convidados (identificadas por Bryan Singer como rei e rainha da Polônia) são vividos pelo pai e madrasta de Bryan Singer.

As últimas cenas a serem filmadas foram as onde o senador Kelly (Bruce Davison) emerge da água (em Santa Monica, Califórnia). Elas foram filmadas no início de maio, eo filme foi lançado nos últimos dias de julho.

É o primeiro filme com personagens Marvel, onde Stan Lee faz participação especial.
Hoje em dia eu já grito no meio da sala de cinema mesmo:"STAN LEE!!!!"

Patrick Stewart foi o primeiro ator a ser escalado como um mutante, e na verdade tinha sido um favorito dos fãs para o papel de Professor X desde os anos 1990.

Ian McKellen estava relutante em aceitar o papel de Magneto, mas foi convencido quando viu o traje de Magneto.

Pouco depois de aceitar o papel de Magneto, Ian McKellen recebeu a oferta para o papel de Gandalf em O Senhor dos Anéis, que inicialmente teve que declinar. Ele falou com Bryan Singer sobre o seu interesse em fazer a saga do anel e diretor concordou em reorganizar cronograma de filmagem de X-Men para que McKellen terminasse suas cenas até o final de 1999, libertando-o para viajar para a Nova Zelândia, em janeiro de 2000, onde O Senhor dos Anéis estava em produção desde outubro de 1999.

A primeira escolha de Bryan Singer jogar Wolverine foi Russell Crowe, mas ele recusou quando lhe foi negado um cachê mais alto. Dougray Scott (Para Sempre Cinderela) foi contratado, mas ele teve que abandonar o projeto ao quebrar o braço durante as filmagens Missão Impossível 2 (2000). Finalmente um ator relativamente desconhecido, Hugh Jackman, foi escalado como Wolverine.

Físico de Hugh Jackman parece um pouco diferente em diferentes cenas, porque ele foi escalado 1 mês e meio após a fotografia principal começar e continuou trabalhando extensivamente  em seu físico durante as filmagens.

Este é o único filme onde Tempestade tem seu sotaque Africano das histórias em quadrinhos.

A cena na estação de trem, onde um jovem garoto sorri para Cyclops e ele sorri de volta não foi planejada. O menino era um grande fã dos X-Men, Ciclope e era o seu favorito. A cena originalmente pedia para Cyclops apenas olhar para a programação dos trems, mas de acordo com Bryan Singer o menino não conseguia parar de sorrir para James Marsden. Finalmente, durante um cena, Marsden apenas olhou para ele e sorriu, para a alegria do menino. Bryan Singer gostou tanto da idéia, que manteve no filme, e disse à atriz que interpreta a mãe do menino para reagir da maneira que ela fez.

A composição de Rebecca Romijn como Mística consistia em 110 próteses de design personalizado, que cobriam 60% de seu corpo e levavam nove horas para aplicar. Ela não podia beber vinho, usar cremes para a pele, ou voar um dia antes de filmar, porque isso poderia causar mudanças na química do seu corpo, fazendo com que a prótese caísse.

A fim de manter seu visual um segredo, Rebecca Romijn teve que fica isolada, em uma sala sem janelas quando não era necessária para a filmagem.

Havia três tipos de garras de Wolverine - plástico, madeira e aço - e mais de 700 lâminas de garras individuais foram usados ​​por Hugh Jackman e seus quatro dublês.

Dez trajes Wolverine foram construídos de couro grosso e PVC, e foram projetados para levar uma surra. Todos eles foram destruídos, até certo ponto durante as filmagens.

Hugh Jackman teve que passar por treinamento de um especialista em combate corpo-a-corpo para aprender a lidar com as garras de Wolverine.

Nos quadrinhos, os X-Men usavam um uniformes azul e dourado, mas os cineastas revisaram o uniforme para couro preto. Tom DeSanto explicou que os projetos de teste de X-Men em seus trajes azul-ouro não tiveram sucesso, e Bryan Singer observou que o couro preto durável fazia mais sentido para os X-Men como roupas de proteção. Apesar do apoio de Stan Lee e Chris Claremont, muitos fãs ficaram chateados com a mudança, de modo que Bryan Singer acrescentou diálogo referindo-se a questão - "O que você prefere, um colant amarelo?", quando Wolverine reclama dos uniformes. Os uniformes azul-ouro apareceram no prequel X-Men: Primeira Classe (2011).

Vampira nunca teve um nome nos quadrinhos desde sua estréia em 1981, mas neste filme ela recebe o nome humano de Marie. Em X-Men 2 (2003) seu nome completo é revelado como Marie D'Ancato.

Nem Sir Patrick Stewart ou Sir Ian McKellen sabiam jogar xadrez durante as filmagens.

Hugh Jackman tomava chuveradas geladas todas as manhãs das filmagens, a fim de ajudar a entrar no personagem. Esta tradição começou quando entrou no chuveiro às 5 da manhã, antes de perceber que não havia água quente. Chocado, acordado, mas não querendo acordar a esposa, ele cerrou os dentes e se segurou, antes de perceber que essa mentalidade - querendo gritar e lançar-se em alguma coisa, mas ter que se segurar - é a mentalidade constante de Wolverine. Ele tomou banhos frios para cada filme em que viveu Wolverine desde então.


James Marsden, apesar de 1,78m  de altura, tinha que usar sapatos de plataforma para parecer mais alto do que Hugh Jackman (1,88m) estes sapatos de plataforma pode ser vistos claramente quando Ciclope escala o muro na Liberty Island. Ele também teve que ficar em uma caixa de maçã para parecer mais alto ao lado de um dos rapazes na estação de trem; como uma brincadeira, Tyler Mane, o Dentes de Sabre,  pregou uma peça no colega deixando uma caixa de maçã no banheiro do trailer de Marsden com um bilhete: "Isso é para que você possa chegar a sua pia"

A maioria dos efeitos oculares foram alcançados pelos atores usando lentes de contato especiais. No entanto, o elenco descobriu que lentes eram desconfortáveis e perigosas: Rebecca Romijn só poderia usar suas lentes Mística por uma hora de cada vez, e tinha a visão de apenas 10%; Tyler Mane manteve suas lentes em Sabretooth por muito tempo, e acabou ficando cego por um dia; e Halle Berry usou suas lentes de tempestade brancas opacas apenas uma vez, achou-as insuportável, e insistiu em CGI para os olhos.

Para comemorar seu último dia no set, Rebecca Romijn trouxe uma garrafa de tequila para dividir com elenco e equipe durante uma pausa nas filmagens. Infelizmente, nesse dia ela precisava filmar cena de luta entre Wolverine e Mística, o resultado foi vômito azul (a partir de produtos químicos em sua composição) em Hugh Jackman.

A mansão usada como escola Xavier, é a mesma Billy e sua família viviam em em Billy Madison, um Herdeiro Bobalhão (1995) e como a Mansão Luthor na série Smallville: As Aventuras do Superboy (2001). Atualmente é a residência da família Queen na série Arrow (sobre o Arqueiro Verde). É o Castelo Hatley, em Victoria, na Colúmbia Britânica, no Canadá.

Muitos dos X-Men dos quadrinhos que não têm papéis importantes no filme aparecem como personagens secundários na escola. Entre elas estão: Jubileu, Kitty Pryde, Colossus, Homem de Gelo e Pyro. Kitty, Homem de Gelo, Colossus e Pyro têm papéis importantes nas sequencias.

Sapo era originalmente um corcunda, mas isso foi alterado de modo a não interferir com habilidades de artes marciais de Ray Park.

É irônico que Sir Ian McKellen, que interpreta o personagem judeu Magneto, já havia desempenhado um nazista em O Aprendiz (1998).

Depois que o filme foi concluído, a cadeira de rodas que o Professor Xavier caráter usava foi vendida em um leilão para o advogado de Patrick Stewart, e depois alugado de volta pela empresa de produção de X-Men 2 (2003).

O policial esfaqueado por Sabertooth em frente à Estátua da Liberdade foi interpretado por DB Sweeney, que é um fã dos X-Men e fez testes para o papel de Ciclope.

A maioria do elenco, especialmente James Marsden e Sir Patrick Stewart, se prepararam para seus papeis apenas lendo quadrinhos dos "X-Men".

0 comentários: