3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Curiosidades de "Harry & Sally"

Os segmentos de casais contando as histórias de como eles se conheceram são histórias reais que Rob Reiner coletou para o filme. Atores relataram as histórias.

Nora Ephron estava feliz com a forma como o filme acabou, mas nunca foi feliz com o título do filme, e diz que é a única coisa que ela iria voltar atrás e corrigir, se pudesse.


Hábitos alimentares exigentes e loucos de Sally foram colocados no filme depois que Rob Reiner viu Nora Ephron encomendar a sua comida da mesma forma que Sally faz no filme. Quando Rob mencionou o hábito, Nora disse: "Eu apenas gosto do jeito que eu gosto" uma linha que foi colocada no longa.

A voz off-câmera que diz: "Ei pessoal, 10 segundos até o ano novo," é de Rob Reiner.

Harry é mostrado lendo Misery de Stephen King, que foi a adaptação dirigido por de Rob Reiner logo após este filme. O longa baseado em Misery ganhou o título de Louca Obsessão.

A cena do orgasmo foi filmado em Katz Deli, um restaurante real no E. Houston Street, em Nova York. A mesa em que a cena foi filmada agora tem uma placa sobre ela que lê, "onde Harry encontrou Sally ... espero que você tenha o que ela teve!"


De acordo com o roteirista Nora Ephron a infame frase "Eu vou ter o que ela está tendo", na verdade foi sugerida por Billy Crystal.

A cena infame do orgasmo foi cortada das cópias aéreas do filme.

Após a cena do orgasmo, protagonizada por Meg Ryan, a senhora que diz a frase "Eu quero o que ela pediu também" é a mãe do diretor Rob Reiner.

0 comentários: