3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Curiosidades de Metrópolis

Para tornar nossa viagem mais à Metrópolis mais eficiente começaremos a semana com curiosidades sobre o filme de Fritz Lang. Entre no clima!
  • Metrópolis paradoxalmente costuma ser tido como expoente máximo do expressionismo alemão e ao mesmo tempo como momento derradeiro do movimento. Vamos assistir a outro clássico do expressionismo alemão este ano no DVD, sofá e pipoca: M - O Vampiro de Dusseldorf;

  • Foi a produção mais cara na Europa, naquele período. Principalmente por causa dos cenários e do grande número de figurantes (teve pelo menos 1100 extras), custou na época cinco milhões de marcos e quase levou a Universum Film S.A. à falência;

  • Em 83 anos teve diversas versões com metragens diferentes. Em 1984 Giorgio Moroder colorizou e musicou uma versão. Em 2008, em Buenos Aires, Argentina foram encontrados 30 minutos de metragem deste clássico. Tal parte será restaurada e acrescentada à versão conhecida.

  • Em 2002 ganhou uma versão restaurada em DVD. Um site caprichado, cheio de informações e imagens, foi feito para promover o relançamento;

  • O filme impressionou tanto a Hitler que este chegou a pedir que Goebbels, seu ministro do Povo e da Propaganda, fosse atrás do diretor Lang para que fizesse filmes para o Partido Nazista. Lang então saiu do país, onde chegou a criar filmes contra o próprio nazismo. No entanto, sua esposa The von Harbou, que simpatizava com os nazistas acabou aceitando a proposta e trabalhando para eles.

  • Fritz Lang não gostava da solução "conciliatória" que a esposa, que escreveu o roteiro, deu ao filme e à luta de classes. Chegava inclusive a afirmar que o final era falso. A mensagem contida no final se tornou célebre: "O mediador entre o cérebro e as mãos é o coração";

  • A torre de Metrópolis foi inspirada na obra "Torre de Babel" do pintor flamengo Pieter Brueghel, do século XVI. Cuja imagem ilustra este post;

  • A máscara da ginóide foi inspirada nos trabalhos dos escultores Oscar Schelmmer e Rudolf Belling;

  • C3PO, o droide de protocolo de Star Wars foi inspirado no robô de Metropolis.

  • Dissemos que não, mas a cidade do super-homem tem a ver sim com a Metrópolis de 1927. O nome da cidade do homem de aço é uma total referencia (e reverência) ao filme de Fritz Lang. A própria origem de Superman como vilão dominador de uma cidade e posteriormente como distinto curador de mazelas sociais são ambos temas trabalhados na obra de Lang. O cinema também inspirou o nome do herói: Clark vem de Clark Gable e Kent de Kent Taylor. Mais isso é outra história...

Fontes: Soluço Mental, Adoro Cinema, Wikipédia, Araraquara

3 comentários:

Daniel Caetano disse...

Nunca vi esse filme, mas já ouvi falar bastante. Estou ficando curioso a respeito... :)

Marcos disse...

Parabéns pelo blog, muito bacana. Esse filme é sensacional, vi na época da faculdade. Abraços!!!

Vídeos Incríveis disse...

Cadastre seu blog no BLOG HOUSE.
www.bloghouse.videosincriveis.ws

Envie seus links pro LINKADÃO.
www.linkado.videosincriveis.ws