Home » , , , » A primeira superprodução americana

A primeira superprodução americana

Desespero na guerra: heroísmo ou loucura?

Fiquei impressionada ao ler um pouco mais sobre o filme de D.W. Griffith e descobrir que esta foi a primeira superprodução americana. O filme é realmente grandioso, produção supercaprichada. Mas não é um filme fácil de agradar. Eu identifiquei três motivos pra "justificar" o meu parecer de "não gostei".

Primeiro: o filme é chato porque fala de um tema totalmente alheio a nós, brasileiros - a Guerra Civil americana, sulistas versus nortistas, blablabla. A gente já tem que aguentar muitos filmes americanos patriotas passando quase todo dia na telinha (vide a quantidade de vezes que Coração Valente passa na "Sessão de Sábado"), então confesso que não tenho mais paciência para o tema. Tudo bem que hoje a gente pode dizer que o tema está "batido", mas nos Estados Unidos de 1915, não era (e eu entendo isso). Mas, mesmo assim, assisti. De má vontade.

Segundo motivo: a trilha sonora, instrumental, não "casa" muito bem com as cenas em certas sequencias e, pra mim, é absolutamente irritante. Na época os filmes eram mudos, mas isso não quer dizer que a trilha necessite preencher todos os espaços. E, infelizmente, é isso o que acontece no filme.

E terceiro: o filme tem um viés raivoso, preconceituoso até a raiz dos cabelos. A família do sul é retradada sendo levada à bacarrota, destruída pela guerra - não com aquele ar de "olha o que a luta entre 'irmãos' fez com as famílias americanas", mas como se os sulistas tivessem razão e não fosse justo que eles tivessem perdido. Apesar de não gostar muito do tema, é óbvio que a gente aprende um pouco sobre a guerra civil - seja na escola ou no filme do Mel Gibson - e sabe que os sulistas eram contra a libertação dos escravos, um dos motivos para o início da guerra. Então, não dá pra engolir que, depois que o Norte ganha e o Sul é devastado, a Ku Klux Klan vai instaurar a ordem e a paz na região.

Mas eu tenho que ser justa com um filme de tal magnitude. Eu fui antipática desde o início, quando vi que se tratava de um tema que não gosto e por achar (no mínimo) estranho o argumento do diretor. Mas achei interessante alguns recursos usados, como as cenas de guerra serem vermelhas e dor que as fortes cenas de morte e corpos dilacerados transmitem (gente, era um filme de 1915!). Como o próprio diretor afirma, se ele conseguisse transmitir todo o horror que a guerra causou, então ele estaria satisfeito e o filme teria feito a sua parte. Além do mais, se não fossem essas primeiras grandiosas cenas de guerra, não haveria nenhum "Senhor dos Anéis" na história do cinema.

0 comentários:

Meses temáticos!

Confira nosso catálogo de críticas e curiosidades completo, distribuído em listas e meses temáticos.

Lista de 2015 Lista de 2010
Meses temáticos
2014 2013 2012 2011
Trilogia Millenium Ficção-cientifica Pioneiros De Volta para o Futuro
Meryl Streep e o Oscar Broadway Brasileiros no Oscar Liz Taylor
Fantasias dos anos 80 Realeza Tarantino Filmes de "mulherzinha"
Pé na estrada Scorcese Chaplin Stephen King
Mês Mutante Off-Disney Filmes de guerra Noivas
Mês do Futebol Mês do Terror Agatha Christie Genny Kelly
Mês Depp+Burton Shakespeare HQs Harry Potter
Cinebiografias Pequenos Notáveis Divas Almodovar
Robin Williams Mês do Rock Woody Allen Remakes
Mês das Bruxas Alfred Hitchcock Rei Arthur Vampiros
Humor Britânico John Wayne John Hughes Elvis
Mês O Hobbit Contos de Fadas Apocalipse O Senhor dos Anéis
As definições do projeto para formar cinéfilas melhores foram atualizadas

Nascemos como um projeto para assistir e conhecer cinema. Maratonamos várias listas de filmes, e aprimoramos nossa cinefilia. Agora estamos em uma pausa (esperamos que breve), mas ainda temos tempo para resenhar um lançamento ou outro. Vem amar cinema com a gente!

Receba por e-mail

Gêneros

Resenhas (807) Drama (247) Lançamentos (172) Ficção científica (113) Aventura (108) Comédia (78) Ação (58) Musical (54) Terror (51) Fantasia (43) Animação (32) Biografia (27) Comédia romântica (26) Épico (24) Faroeste (22) Thriller (8)

Arquivo do blog

Seja parceiro

Descubra como!
 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates