3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

sábado, 15 de janeiro de 2011

Outros viajantes no tempo

Depois de Marty McFly, outros viajantes já se aventuraram no tempo e acabaram por esbarrar em seus antepassados, confira:

Hannah Montana
No episódio O Caminho Que Quase Não Tivemos a estrelinha adolescente (Miley Cyrus) foi atingida por um raio levada de volta aos anos 80 onde teve que fazer seu pai (interpretado pelo pai de verdade Billy Ray Cyrus) e sua mãe (Brooke Shields) se conhecerem e apaixonarem a primeira vista. Missão que ela cumpre, é claro, na última hora, logo depois de assistir o irmão mais velho desaparecer, não em uma foto como Marty, mas bem diante de seus olhos.
Mãe, onde fica a Lagoa Azul?

Futurama
Ao colocar metal em um micro-ondas ao mesmo tempo em que acontecia a explosão de uma super-nova, Fry faz com que toda a tripulação da Nave Planet Express seja enviada para Roswell em 1947. Enquanto as partes de Bender são confundidas com um óvini e Zoidberg é interrogado quanto as intenções alienígenas na terra, Fry conhece seu avô. Desesperado para protege-lo e assegurar sua existência, enfia os pés pelas mãos e mata seu ancestral. Ao consolar sua avó, passa uma noite com ela e acaba se tornando o pai de seu pai. Enquanto McFly morre de medo da mãe se apaixonar por ele, Fry vai mais longe e se torna seu próprio avô, e cria um dos paradoxos temporais mais divertidos e bizarros da ficção.

Sobrenatural
Nada de maquinas do tempo, raios ou combinações acidentais complicadas, foi um anjo que transportou Dean Winchester para Laurence (Kansas) no ano de 1973. O caçador esbarra em seus pais ainda jovens, descobre o passado de sua mãe e como começou a saga dos Winchester. Um clara referência a De volta para o futuro, com direito a cena onde filho encontra o pai em um balcão de lanchonete e a interferência em escolhas que alterariam o futuro, quando Dean convence o pai a comprar o carro que mais tarde ganharia dele.

0 comentários: