3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

segunda-feira, 21 de março de 2011

Curiosidades e prêmios de Feitiço da lua

A era dos cabelões: Cage tem saudade dos dele!
- Originalmente, o filme se chamava The bride and the wolf (A noiva e o lobo).

- O autor do roteiro do filme tinha em mente a atriz Sally Field para o papel da viúva Loretta.

- Cher fez questão de contracenar com Nicolas Cage, chegou a dizer que recusaria o papel se ele não fosse o galã.

- Feitiço da lua foi o segundo filme no qual Cher e John Mahoney trabalharam juntos. O primeiro foi  Sob suspeita (1987). 

- Olympia Dukakis é apenas quinze anos mais velha que Cher, que fez o papel de sua filha.

- O diretor Norman Jewison foi advertido pelo Sindicato de Atores durante as filmagens de Feitiço da lua por não ter permitido que os atores fossem para o almoço até que conseguissem encenar com perfeição o clímax do filme.

- Feitiço da lua alcançou uma bilheteria nos EUA superior a 82,6 milhões de dólares, tornando-se o quinto filme mais rentável de 1987/1988. 

- Em 2005, a frase ‘Snap out of it’ ("Cai na real") foi considerada um dos bordões de cinema mais lembrados pelos norte-americanos. A frase foi dita por Cher ao dar uma bofetada em Nicolas Cage no filme.

Modelito discreto!
Prêmios 

Oscar
  • Melhor atriz, Cher*
  • Melhor atriz coadjuvante, Olympia Dukakis
  • Melhor roteiro original
Indicado nas categorias de melhor filme, melhor diretor e melhor ator coadjuante (Vincent Gardenia).

*Confira Cher recebendo o Oscar no YouTube. No vídeo bloqueado para incorporação, ela disputa o prêmio com a recordista Meryl Streep. A loira pula da cadeira em comemoração pela vitória de Cher! Isso é que é competição amistosa!

Globo de Ouro
  • Melhor atriz - comédia/musical, Cher
  • Melhor atriz coadjuvante - comédia/musical,  Olympia Dukakis
Indicado nas categorias melhor filme - comédia/musical, melhor ator - comédia/musical (Nicolas Cage) e melhor roteiro.


Festival de Berlim
  • recebeu o Urso de Prata 
Foi indicado ao Urso de Our


BAFTA 
  • Melhor atriz coadjuvante, Olympia Dukakis.
Indicado nas categorias de melhor atriz (Cher), melhor trilha sonora e melhor roteiro.

Prêmio David di Donatello (1988 - Itália)
  • Melhor atriz estrangeira, Cher

Academia Japonesa de Cinema  (1989)
Indicado na categoria de melhor filme estrangeiro.

Writers Guild of America (1988 - EUA)

  • Melhor roteiro escrito diretamente para o cinema.

0 comentários: