3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Curiosidades de Fome de viver

- Baseado em um livro de Whitley Strieber.

- David Bowie declarou que, para que seu personagem ficasse com a voz mais rouca à medida que envelhecesse, passou a ir toda noite à ponte George Washington para gritar cantar todas as músicas punk que conhecia.

- Alan Parker foi a primeira escolha do produtor Richard Shepherd para a direção. Parker o convenceu a contratar Tony Scott, baseando-se nos comerciais que já havia feito.

- Bowie realmente aprendeu a tocar violoncelo para o filme.

- Este é o último filme de Bessie Love.

- Tony Scott viu a fotografia de Irving Penn como uma grande influência sobre o estilo visual do filme.

- Enquanto trabalhava em Londres neste filme, Susan Sarandon conheceu Rupert Everett, Ian McKellen e Suzanne Bertish, pessoas com quem ela mantém a amizade décadas depois. No comentário do DVD para o filme, ela também disse que ela ainda tinha em contato com David Bowie e Catherine Deneuve.

- Um dia, durante as filmagens, a figurinista Milena Canonero, que é notoriamente dedicada ao seu ofício, desapareceu e não era encontrada em lugar algum. Foi descoberto que ela tinha ido a Roma para comprar tecido para um lenço de David Bowie deveria usar. Incapaz de encontrar o tecido que gostava em Londres, Canonero tinha voado para Roma por sua própria conta para encontrar o tecido que ela precisava.

- O maquiador Clavet Antony, que ficou famoso no mundo da moda por seu trabalho na "Vogue" italiana, foi levado para o projeto depois que ele foi apresentado ao diretor por Milena Canonero.

0 comentários: