3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

"Into the West"

"Into the West", música-tema de O Retorno do Rei, foi vencedora do Oscar de Melhor Canção Original em 2004. É interpretada por Annie Lennox, que também a compôs ao lado de Fran Walsh e Howard Shore. Toca na íntegra durante os créditos do filme.

Escrita como um lamento élfico, tem várias frases retiradas do livro. Muitas delas declamadas por Gandalf em seu discurso encorajador sobre a morte para Pipin. Nos comentários que acompanham a versão estendida do filme, o diretor Peter Jackson explica que a música foi parcialmente inspirada pelo jovem cineasta Cameron Duncan, que morreu de câncer prematuramente, e cujo trabalho impressionou Jackson e sua equipe. A primeira representação pública da música foi no funeral desse mesmo cineasta.

Confira a apresentação de "Into the west" na cerimônia do Oscar, apresentada por Liv Tyler, a intérprete de Arwen. Abaixo letra e tradução.



Into the west


Lay down
Your sweet and weary head
The night is falling
You have come to journey's end
Sleep now
And dream of the ones who came before
They are calling
From across the distant shore

Why do you weep?
What are these tears upon your face?
Soon you will see
All of your fears will pass away
Safe in my arms
You're only sleeping

What can you see
On the horizon?
Why do the white gulls call?
Across the sea
A pale moon rises
The ships have come to carry you home

And all will turn
To silver glass
A light on the water
All souls pass

Hope fades
Into the world of night
Through shadows falling
Out of memory and time
Don't say
We have come now to the end
White shores are calling
You and I will meet again
And you'll be here in my arms
Just sleeping

(Chorus)

And all will turn
To silver glass
A light on the water
Grey ships pass into the west
Pelo oeste

Repouse

Sua cabeça frágil e cansada
A noite esta começando
Você chegou ao fim da jornada
Durma agora
E sonhe com os que vieram antes
Eles estão chamando
Das praias distantes

Por que você chora?
O que são essas lágrimas no rosto?
Logo você verá
Que todo esse medo passará...
Seguro em meus braços
Você apenas dorme

O que você consegue ver
No horizonte?
Por que a gaivota branca canta?
Através do mar
Uma lua pálida se levanta
Os navios vieram para te levar para casa

E tudo se tornará
Em um vidro prateado
Uma luz sobra a água
As almas passarão

A esperança se apaga
Em um mundo de noite
Através das sombras caindo
Fora da memória e do tempo
Não diga...
Nós chegamos ao fim...
As praias brancas estão chamando
Eu e você, nos encontraremos novamente
E você estará nos meus braços
Dormindo

(Refrão)

E tudo se tornará
Um vidro prateado
Uma luz sobra a água
Navios cinzas passam pelo oeste



0 comentários: