3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

As várias versões de Blade Runner

Blade Runner é um dos filmes mais revisados da história do cinema. Além da versão original do cinema, outras seis versões foram liberadas ao público em relançamentos, DVDs, e Blu Rays.
  • Workprint versão original (1982, 113 minutos) mostra os previews de teste público em Denver e Dallas, em Março de 1982. Ele também foi visto em 1990 e 1991, em Los Angeles e San Francisco como uma montagem do diretor sem a aprovação do diretor Ridley Scott. Respostas negativas para os previews de teste levou às modificações resultantes na versão teatral dos EUA, [2] enquanto a resposta positiva para as exibições em 1990 e 1991 levou o estúdio para aprovar o trabalho em uma versão de  diretor oficial. [3] Ele foi re-lançado como uma Ultimate Edition de 5 discos em 2007.
  • San Diego Sneak Preview mostrado apenas uma vez em Maio de 1982, que era quase idêntico ao da versão de cinema dos EUA com três cenas extras (ver abaixo) [4].
  • Versão de cinema dos EUA (1982, 116 minutos), conhecido como a versão original, foi lançada em Betamax e VHS em 1983. Permaneceu inédita em DVD até 2007, quando foi lançado como parte da edição da Ultimate Edition.
  • A Corte Internacional (1982, 117 minutos), também conhecido como o "Critério Edition" ou versão sem cortes, incluiu cenas de ação mais violenta do que a versão de cinemal dos EUA.
  • A versão de transmissão EUA (1986, 114 minutos) foi a versão EUA de cinema e editada pela CBS para atenuar a violência, palavrões, e nudez para atender restrições de transmissão para a TV.
  • Corteaprovado pelo Diretor Ridley Scott (1992, 116 minutos); solicitado pela liberação versão não autorizada em cinema nos anos de 1990-1991, Tem mudanças significativas em relação à versão de cinema que incluem: remoção de voz-over de Deckard, inserção de uma seqüência de unicórnio e remoção da cena epílogo mostrando Rachel e Deckard viajando através verdes, paisagens montanhosas. Ridley forneceu notas extensas e consulta para a Warner Bros apesar de o preservacionista filmes de Michael Arick ter  sido o responsável por criar corte do diretor.
  • Final Cut, de Ridley Scott (2007, 117 minutos), ou o "25th Anniversary Edition", lançado pela Warner Bros cinemas em 2007, e posteriormente lançado em DVD, HD DVD e Blu-ray. Esta é a única versão sobre o qual Ridley Scott teve controle artístico completo
A cena abaixo pertence à versão de cinema dos EUA. Foi criada pois o final em aberto feito pelo diretor Ridley Scott (terminando com Deckard entrando no elevador), foi considerado confuso pelos produtores, após uma sessão de testes. Logo foi feito um novo final, usando cenas de paisagem que sobraram de O Iluminado e uma narração bastante piegas de Harrison Ford. 

0 comentários: