3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

As verdadeiras "Bruxas de Salém"

O verdadeiro episódio das "Bruxas de Salém", aconteceu na Vila de Salem (Dã!), uma Colônia da Baía de Massachustts (New England), onde hoje é a cidade de Danvers. Em 1662, quando Elizabeth Parris de nove anos e Abigail Willams de onze, começaram a exibir comportamento estranho, como blasfêmias, gritos, ataques apoplécticos convulsivos, estados de transe etc.

Ilustração de 1876 da sala de audiências.
Não demorou muito para outras meninas demostrarem comportamento semelhante. E com os escassos recursos da época, os médicos não conseguiram diagnosticar o problema das moças. Era uma época de superstições, logo para aquilo que não compreendemos a resposta é o sobrenatural.

Um exorcista foi recrutado. Cotton Mather, prosseguiu com as investigações. E conseguiu que as garotas revelassem o que supostamente havia desencadeado aquela desordem. Uma série de rituais de vodu que elas viram Tituba, escrava negra que viera das Índias Ocidentais, fazer.

Diante de um tribunal especial as meninas também apontaram outras pessoas, que apenas assistiam ao julgamento. As crianças apontaram qualquer pessoa que não segua à risca as "normas da sociedade". Enquanto a escrava Tituba, não só confessou suas estranhas práticas como afirmou que várias outras pessoas da comunidade também o faziam.

Foi o estopim para a cidadezinha abraçar a obsessão e buscar bruxas em todo canto. Os moradores, desconfiavam, e acusavam todos, vizinhos, amigos, cônjuges. Mais de 300 foram acusadas de práticas infames, e o tribunal trabalhou de julho a outubro daquele ano. Condenando cerca de 20 pessoas, à mote. Sentenças que iram da forca ao esmagamento.

Isso tudo aconteceu em 1662, logo não se espante se encontrar diferentes, versões, números relativos a história. A única certeza é, que várias pessoas, na maioria mulheres, foram condenadas à morte, em uma cidadezinha tomada por uma histeria coletiva.

Também não faltam especulações sobre o que teria causado o comportamento estranho das primeiras meninas. Desde uso de drogas, culpa, choque estérico, capricho, motivações políticas e rivalidades entre os moradores. O incidente é até hoje, tema de pesquisa, estudos sobre a mente, a sociedade. Além e inspiração para tramas literárias, cinematográficas e televisivas, que vão desde reconstrução da lenda, até envolvimento de sua história e mitologia em séries policiais e sobrenaturais.


Muitos mistérios ainda rondam o episódio das Bruxas de Salém, podiam não ser realmente bruxas, mas que existiram, existiram!

É claro, na terra do Tio Sam, existe um Museu das Bruxas de Salém.

Fonte: http://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/feiticeiras.htm

0 comentários: