3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Perdoem nossa curiosidade


Se resolver procurar pelo filme em uma locadora de Portugal peça o dvd de Imperdoável, esse foi o título dado ao longa em terras lusitanas. O original em inglês é Unforgiven.


O roteiro de Os Imperdoáveis ficou rodando de mão em mão em Hollywood por 20 anos antes de encontrar alguém que resolvesse filma-lo.

Gene Hackman recusou o papel do Xerife Little Bill Daggett após ler o roteiro. A insistência de Clint Eastwood, que fazia questão do ator para o papel, o fez voltar atrás. Eastwood tinha razão Hackman acabou recebendo, um Oscar, um Bafta e um Globo de ouro por sua atuação em Os Imperdoáveis.

Eastwood faz várias referências ao seu antigo e lendário personagem "Pistoleiro sem nome", celebrizado por Sergio Leone nos filmes da "Trilogia dos Dólares". Munny também é o forasteiro que chega a uma cidade para "acertar" as coisas. Ele frequentemente se mostra arrependido de seu passado e das várias atrocidades cometidas, que diz ter sido por efeito do álcool.

Diferentes cidades do Canadá serviram como locação para a maioria das cenas. A única cena feita na terra do tio Sam foi a sequência do trem rodada no Red Hills Ranch, Sonora, Califórnia.

O faroeste The Unforgiven (O Passado não Perdoa) de 1960, com Burt Lancaster e Audrey Hepburn, não tem nenhuma ligação com os Imperdoáveis de Eastwood.

1 comentários:

Valdeir Vieira disse...

Muito bom parabéns!

http://valdeirvieira.com/empreendimentos/