3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Tão perto, tão longe


Asas do desejo não ganhou apenas um remake norte americano. O filme alemão ganhou uma sequência em 1993. Tão perto, tão longe também trata de um grupo de anjos que observam distantes o dia-a-dia dos cidadãos da capital alemã, agora recém-unificada. Apesar de serem proibidos de interferir na vida humana, Cassiel (Otto Sander) quebra essa regra ao socorrer uma garotinha e acaba se tornado humano.

Damiel (Bruno Ganz), que optou pela vida terrena no primeiro filme,  vive com sua esposa, a trapezista Marion (Solveig Dommartin) e trabalha numa pizzaria. Peter Falk, que representou si mesmo no original, volta a aparecer. Outras participações são o roqueiro Lou Reed (responsável pela trilha sonora) e o ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev, ambos interpretando eles mesmos.

O longa recebeu o Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 1993. A direção é novamente de Win Wenders.




0 comentários: