3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quinta-feira, 1 de março de 2012

Prêmios de O Pagador de Promessas

O Pagador de Promessas é um dos, quiçá o, mais premiado entre nossos filmes. Confira seus prêmios, indicações e menções honrosas.

Palma de Ouro no Festival de Cannes, França (Melhor longa-metragem), 1962;

Festival Internacional de São Francisco, Estados Unidos (Melhor filme) prêmio Darius Milhaud e melhor música (Golden Gate),1962;

Prêmio Sapatos Viejos, Festival de Cartagena, Colômbia, 1962;

Prêmio Cabeza de Palanque, Festival de Acapulco, México, 1962;

Prêmio Especial de Bucareste, Romênia, 1962;

Prêmio Crític's Award, Festival Internacional de Edimburgo, Escócia (Diploma de mérito), 1962;

Menção Honrosa, Festival de Sestri-Levante, Itália, 1962; Menção Especial, Festival de Locarno, Suiça, 1962;

Menção Honrosa, Festival de Toronto, Canadá, 1962;

Menção Honrosa, Festival de Karlovy-Vary, Tchecoslováquia, 1962;

Menção Especial, Festival de Moscou, Russia, 1962;

Melhor filme, produtor (Oswaldo Massaini), ator (Leonardo Villar) e prêmio especial (Anselmo Duarte e Dias Gomes), prêmio Saci, São Paulo, 1962;

Melhor filme, produtor (Oswaldo Massaini), diretor, ator (Leonardo Villar) e argumento (Dias Gomes), prêmio Governador do Estado de São Paulo, São Paulo, 1962;

Melhor filme, diretor, ator (Leonardo Villar), atriz (Norma Bengell), ator secundário (Geraldo del Rey) e revelação (Glória Menezes), V Festival de Cinema de Curitiba, Paraná, 1962;

Melhor diretor, ator (Leonardo Villar), atriz (Glória Menezes), ator secundário (Roberto Ferreira), menção honrosa (Norma Bengell), argumento (Dias Gomes), fotografia (H.C.Fowle), composição (Gabriel Migliori) e edição (Carlos Coimbra), prêmio Cidade de São Paulo, Júri Municipal de Cinema, São Paulo, 1962;

Melhor filme, diretor, ator (Leonardo Villar) e atriz (Glória Menezes), troféu Cinelândia, Rio de Janeiro, 1962.

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, 1963.

3 comentários:

Antonio Nahud Júnior disse...

Um belo filme, com gigantesca atuação de Leonardo Vilar.

O Falcão Maltês

Hugo disse...

É um filme merecedor de todos estes prêmios.

Um dos poucos filmes brasileiros reconhecidos no exterior.

Abraço

Fabiane Bastos disse...

Concordo plenamente rapazes. E até agora não entendi como não o tinha assistido antes. òtimo!

Obrigada pela visita!