3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Curiosidades de "Apertem os Cintos... o Piloto Sumiu!"

Aeromexico foi a única companhia aérea a comprar o filme para o seu entretenimento em voo.

Os produtores compraram os direitos do filme Entre a Vida e a Morte (1957), em que este filme se baseia.

O filme se passa em 05 de março de 1980.
Jerry Zucker, Howard Koch, Robert K. Weiss, David Zucker
O título brasileiro é provavelmente o mais criativo. Veja a lista.

Os dois primeiros dias de filmagem gastaram todo o orçamento da produção.O filme custou US $ 3,5 milhões e levou apenas 34 dias para ser filmado.

O game jogado pelos controladores de tráfego aéreo é o Atari 2600 de Basketball (1978).

Apesar do longa trazer uma paródia da cena da praia de A Um Passo da Eternidade (1953), nenhum dos três diretores tinham realmente visto o filme original. a esquete foi filmada na mesma praia onde Charlton Heston descobriu a estátua da liberdade em O Planeta dos Macacos (1968).

De acordo com sua autobiografia, Christopher Lee recusou o papel de Dr. Rumack. Ele a descreveu como um "grande erro".

Ethel Merman só poderia estar no set depois de meio-dia, uma vez que levava toda a manhã para definir seu cabelo. Ela insistiu em trazer o seu próprio cabeleireiro para o set.


Este foi último filme de Ethel Merman antes de sua morte em 15 de fevereiro de 1984 com 76 anos.

Três atores sérios que fizeram suas estreias na comédia neste filme - Peter Graves, Barbara Billingsley e Leslie Nielsen - todos morreram em 2010, ano do 30º aniversário do filme.


Otto, o piloto automático, se desintegrou depois de passar vários anos na garagem de Jerry Zucker.

Ethel Merman só poderia estar no set depois de meio-dia, uma vez que levava toda a manhã para definir seu cabelo. Ela insistiu em trazer o seu próprio cabeleireiro para o set.

Para a discussão entre locutores das zonas brancas e vermelhas no aeroporto, os produtores contrataram os mesmos artistas de voz que tinham feito os anúncios do Aeroporto Internacional de Los Angeles. No aeroporto real, a zona branca é para embarque e desembarque de passageiros apenas, e não há nenhuma parada na zona vermelha (exceto para ônibus de trânsito). Os locutores também eram casados na vida real.

Sobre a famosa cena da 747 arrebentando as amplas janelas dentro do terminal, o produtor Jon Davison menciona (nos extras do DVD) que, após o filme, ele recebeu inúmeras cartas de vários pilotos dizendo-lhe que eles chegara, muito perto de encenar a sequencia vida real, com alguns pilotos admitindo que tinham chegado perto o suficiente para tocar o vidro com os narizes de seus aviões.

Na cena em que o marido liga o ar para sua esposa doente, você vê no fundo um homem vestindo uma grande barba, que deveria voar com o vento, mas o adesivo que eles usaram era forte demais. O homem pode ser visto movendo a cabeça para trás e para frente e amassando seu rosto tentando fazer a barba sair.


Quando Striker está dizendo a senhora sentada ao lado dele como ele e Elaine se encontraram, ele diz que estava na Força Aérea, mas na cena do bar, enquanto ele está pensando ele está vestindo um uniforme da marinha.

A maior parte da conversa jive entre os dois passageiros negros foi improvisada pelos atores, como a equipe não era suficientemente "familiarizada" na linguagem de rua afro-americana.

"Stayin 'Alive" foi acelerada para a cena de dança do filme. A foi preciso uma autorização dos The Bee Gees para acelerá-lo. Robert Hays e Julie Hagerty ensaiaram a rotina de dança por um mês antes de filmar.

O aviso de copyright obrigatória no final do filme, que adverte contra a pirataria ou a duplicação não autorizada termina com o comentário "So there!" (Portanto, não)

0 comentários: