3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

domingo, 30 de agosto de 2015

Jogue os problemas na mala, dirija!

Rain Man, é um daqueles filmes de que você já viu referência em inúmeros lugares e por um motivo o outro pode nunca ter assistido. Se assim como eu, este for o seu caso, esta blogueira recomenda: assista logo!

Tom Cruise, é Charlie Babbitt um cara descolado que ganha a vida em um negócio arriscado e que depende muito de sua "lábia". Sua rotina, é interrompida quando seu pai morre, e surpresa!!!! O velhote deixa a maior parte de sua fortuna para um beneficiário misterioso. Depois de uma pesquisa da era pré google, ele descobre Raymond (Dustin Hoffman), um irmão mais velho autista com Síndrome de Savant do qual ele nunca ouvira falar.

É claro, que Charlie sequestra Raymond para garantir sua parte da herança. E além de conhecer seu irmão, ele ainda precisa aprender a lidar com as particularidades de um autista de savant. Que para quem, assim como Charlie, desconhece é pessoa possui uma grande habilidade intelectual aliada a um déficit de inteligência. Apesar de ser um gênio Ray não compreende o mundo à sua volta, e tem sua segurança assegurada na rotina.

Ah! E por falar em mundo, ele cresce e muito, afinal este é um road-movie. Um filme de estrada daqueles que dá vontade de colocar a família no carro, e resolver todos os problemas na marra!

Relacionamento familiar confuso, disputa judicial, uma aventura na estrada e uma condição até então desconhecida do grande público. Tudo amarradinho em uma história bem desenvolvida. E com boas atuações, especialmente de Hoffman, que ganhou seu segundo Oscar por isso, logo mais elogios seriam redundantes.

Simples, em certo ponto previsível, mas repleto de bons momentos. Rain Man, é currículo obrigatório para todo cinéfilo que vai lamentar, ter demorado tanto para descobri-lo. E lamentar que na vida real não possa colocar os problemas e dúvidas no carro e dirigir até que o mundo volte a fazer sentido.

0 comentários: