Home » , , , » A Grande Muralha

A Grande Muralha

Vou ser direta: eu já achava que o filme seria meio louco, meio ruim, por ter um americano e um espanhol lutando na muralha da China, mas eu não imaginava o que estava por vir. Como sabem, gosto de dar segundas chances a filmes que eu acho que não serão assim tão maravilhosos, mas A Grande Muralha (The great wall, 2017) se superou. O pior foi ter esperado ao menos algo melhor por conta de um nome querido nos créditos: Zhang Yimou, o diretor, já nos entregou verdadeiras joias como Heroi (2002) e O Clã das Adagas Voadoras (2004). Mas neste longa, ele passou longe do seu melhor.

O longa começa com William (Matt Damon) e Tovar (Pedro Pascal) fazem parte de um grupo de mercenários no deserto chinês: andando em bando, roubando cargas e fugindo dos mongóis. Até que um dia o grupo deles é atacado por algo sinistro e misterioso, uma criatura que nenhum deles tinha visto antes. Ainda impressionados, resolvem continuar por sua busca pelo produto que eles realmente queriam buscar: pólvora (ou, como eles chama o filme inteiro, o pó negro). O que eles não contavam era ser emboscados aos pés da Grande Muralha, onde um exército inteiro estava de prontidão para um iminente ataque.

Tovar (Pascal) e William (Damon) lutando contra os montros: nem tão empolgante quanto parece
Sem saber falar chinês, os dois tem que se virar. Sua única chance é procurar um inimigo em comum - talvez aquela criatura estranha que ele matou no deserto. A comandante Lin Mae (Tian Jing) é das poucas no exército que sabe falar inglês e é ela quem traduz o relato dos dois para o general Shao (Hanyu Zhang). E quando o estrategista Wang (Andy Lau) explica para eles sobre as criaturas contra as quais eles estão se preparando para lutar, William e Tovar descobrem que a coisa é muito mais séria do que se imaginava: alienígenas devoradores de qualquer forma de vida terráquea saem da hibernação a cada 60 anos e voltam ainda mais fortes, e em maior número, depois de devastarem a área onde atacam. Separando os monstros de uma cidade superpopulosa (a capital chinesa sempre foi, historicamente, muito populosa) que, se atacada, seria uma catástrofe, estava a muralha e o exército.

Lin Mae (Jiang): seu destacamento é bonito, mas pouco funcional
Além disso, havia também a pólvora. E William e Tovar, assim como o misterioso Ballard (William Dafoe), não haviam se esquecido dela. Para os três, a oportunidade de ter um exército inteiro preocupado com outra coisa que não eles tentando roubar todo o carregamento de pó negro que eles pudessem carregar era mais que perfeita - e eles não estavam dispostos a desperdiçar a chance.

Ballard (Dafoe): personagem previsível e escolha óbvia de elenco
Apesar de parecer interessante, a premissa é tão fraca que chega a ser risível. Chineses lutando contra alienígenas no deserto nem seria tão esquisito se o filme abraçasse a magia, mas ele tenta ser um drama com ação épica quase ininterrupta. A tentativa de juntar coisas interessantes de outros gêneros e misturar em um único longa criou um samba do crioulo doido cheio de falhas cruciais. Para ficar com uma dentre as mais bizarras: ouvir o personagem de Damon citando que lutou como mercenário para libertar a Espanha dos franquistas quando a China ainda descobria o  poder destrutivo da pólvora só é aceitável se houver algum tipo de viagem no tempo - e não, não tem  nada disso no longa. Falhas históricas e estratégicas, clichês de heroísmo e vilania, falta de química entre protagonistas, nem um pouco de suspense ou emoção verdadeira. Não há surpresas, não há apego aos personagens, cenas descartáveis apenas para satisfazer uma necessidade de 3D: é nítida a investida de produtores chineses e americanos na tentativa de fazer um produto que mostre o melhor de seus egos mercados.

Quem imaginaria que um esgoto seria assim tão elegante, não?
Acredito piamente que Yimou foi chamado por ser um renomado e multipremiado diretor chinês, e com uma produção desse porte era preciso nomes de peso. A possibilidade de trabalhar novamente com cenas grandiosas de batalha, muitas com toques poéticos (como o duvidoso destacamento das Garças e a estranha beleza dos esgotos da capital) provavelmente são a tentativa do diretor de tornar o produto melhor - ou assim eu penso. O fato é que o filme é inconsistente, fraco, mal estruturado e clichê - em suma, ruim. Talvez eu esteja sendo muito cruel, mas é eu não posso ignorar que esse longa é do mesmo diretor de um dos meus filmes favoritos de todos os tempos, Heroi. É bem possível que minha impressão tenha ficado um pouco (ok, muito!) contaminada por essa expectativa, mas o resultado final é apenas involuntariamente divertido e decepcionante.

0 comentários:

Meses temáticos!

Confira nosso catálogo de críticas e curiosidades completo, distribuído em listas e meses temáticos.

Lista de 2015 Lista de 2010
Meses temáticos
2014 2013 2012 2011
Trilogia Millenium Ficção-cientifica Pioneiros De Volta para o Futuro
Meryl Streep e o Oscar Broadway Brasileiros no Oscar Liz Taylor
Fantasias dos anos 80 Realeza Tarantino Filmes de "mulherzinha"
Pé na estrada Scorcese Chaplin Stephen King
Mês Mutante Off-Disney Filmes de guerra Noivas
Mês do Futebol Mês do Terror Agatha Christie Genny Kelly
Mês Depp+Burton Shakespeare HQs Harry Potter
Cinebiografias Pequenos Notáveis Divas Almodovar
Robin Williams Mês do Rock Woody Allen Remakes
Mês das Bruxas Alfred Hitchcock Rei Arthur Vampiros
Humor Britânico John Wayne John Hughes Elvis
Mês O Hobbit Contos de Fadas Apocalipse O Senhor dos Anéis

Especial do mês

Mulan

As definições do projeto para formar cinéfilas melhores foram atualizadas

Agora nos dedicamos a um filme por mês, sem deixar de lado as críticas dos lançamentos no cinema. Venha com a gente descobrir curiosidades dos nossos especiais e se atualizar das estreias nas telonas!

Receba por e-mail

Gêneros

Resenhas (769) Drama (235) Lançamentos (134) Ficção científica (109) Aventura (102) Comédia (76) Musical (52) Terror (47) Ação (45) Fantasia (36) Animação (29) Comédia romântica (24) Épico (24) Faroeste (22) Biografia (21) Thriller (7)

Arquivo do blog

Google+ Followers

Seja parceiro

Descubra como!
 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates