Venom

Venom (Venom, 2018) é o mais novo longa-metragem do universo de personagens Marvel que chega hoje aos cinemas. Retratando a origem do encontro da forma alienígena simbionte e do repórter sensacionalista Eddie Brock, vivido por Tom Hardy, o filme de Ruben Fleischer é irregular, embora desperte curiosidade no público menos cativo dos quadrinhos. Com algumas liberdades de adaptação em relação à gênesis original, o roteiro consegue manter uma lógica linear - mas o desempenho final é bastante irregular.


Após um acidente espacial, cujo desastre no retorno resultou na morte dos tripulantes e na perda de uma das amostras alienígenas coletadas, o repórter sensacionalista Eddie Brock (Hardy) é enviado para entrevistar o dono e fundador da empresa de exploração espacial dona do projeto. Carlton Drake (Riz Ahmed, de Rogue One - Uma História Star Wars) é um jovem e ambicioso cientista, que mantém uma aparente fachada humanitária para esconder seus métodos não-convencionais de pesquisa (para criar condições de exploração espacial humana). Confrontado por Brock sobre o uso e descarte de cobaias humanas, Drake apenas se abstém. Cria-se a inimizade entre eles.

Brock (Hardy) confronta Drake (Ahmed)
Mas quando a dra. Dora Skirth (Jane Slate, da série Girls) se assusta com os resultados da pesquisa e busca a ajuda de Brock para denunciar o que Drake está desenvolvendo secretamente, ele recusa: sua vida virara de cabeça para baixo após o confronto com Drake, tendo sua carreira e seu relacionamento com Anne (Michelle Williams, a eterna Jane de Dawson's Creek) destruídos - uma pequena amostra do poder de Drake. E é quando ele comprova que ela diz a verdade que acontece seu encontro com o simbionte Venom. O ser pensante (que aqui é retratado como um ser consciente mesmo antes da união com Eddie) parece gostar de seu hospedeiro e passa a lutar para mantê-lo para si, o que causa uma confusão enorme na vida de Brock. Quanto ao outro simbionte perdido, este torna-se o objetivo principal da procura de Drake e uma preocupação para Venom, que pretende dominar a Terra sozinho. 

Eddie e a noiva Anne (Williams) antes dele estragar tudo
Apesar de ser fácil acompanhar a historia, sem nenhum sobressalto ou virada impactante, a inconstância é o maior problema de Venom. As partes dramáticas, mostrando o cotidiano alterado de Brock, parecem não se ajustar muito bem às  sequências de ação do meio pro final - que, aliás, aceleram o ritmo meio morno da primeira metade e seguram o espectador na poltrona até o fim. Os efeitos especiais também não são muito caprichados, apesar de abundantes (especialmente quando precisam demonstrar as uniões entre simbiontes e hospedeiros). Muitas piadas deslocadas tentam forçar um humor sem necessidade, mesmo havendo situações realmente engraçadas (como o surto de Brock no restaurante), além de alguns sustos desnecessários à la filme de terror, pontuam o roteiro como se quisessem reforçar boas características que deram certo em outras produções - mas aqui, elas não surtem muito efeito. Uma pena.

Eddie e o simbionte Venom: uma relação de dependência, confiança e amizade
Mas nem por isso Venom deixa de ser interessante. A criatura, um dos mais conhecidos vilões do Homem-Aranha, aqui é retratada como um anti-herói - um ser que está lutando pela sobrevivência como pode, capaz de aprender com seu hospedeiro coisas novas mesmo que cometa algumas atrocidades no caminho. Impossível não relacionar com o equivocado Esquadrão Suicida (filme de  2016 onde vilões da rival DC são transformados em heróis), só que a iniciativa de Venom é bem mais acertada. A cena pós-créditos (bastante interessante, inclusive) é uma ótima promessa de continuação, e seria muito bem vinda: poucos ajustes poderão fazer de Venom uma franquia rentável e aceitável.

0 comentários:

Meses temáticos!

Confira nosso catálogo de críticas e curiosidades completo, distribuído em listas e meses temáticos.

Lista de 2015 Lista de 2010
Meses temáticos
2014 2013 2012 2011
Trilogia Millenium Ficção-cientifica Pioneiros De Volta para o Futuro
Meryl Streep e o Oscar Broadway Brasileiros no Oscar Liz Taylor
Fantasias dos anos 80 Realeza Tarantino Filmes de "mulherzinha"
Pé na estrada Scorcese Chaplin Stephen King
Mês Mutante Off-Disney Filmes de guerra Noivas
Mês do Futebol Mês do Terror Agatha Christie Genny Kelly
Mês Depp+Burton Shakespeare HQs Harry Potter
Cinebiografias Pequenos Notáveis Divas Almodovar
Robin Williams Mês do Rock Woody Allen Remakes
Mês das Bruxas Alfred Hitchcock Rei Arthur Vampiros
Humor Britânico John Wayne John Hughes Elvis
Mês O Hobbit Contos de Fadas Apocalipse O Senhor dos Anéis

Especial do momento

Mulan

As definições do projeto para formar cinéfilas melhores foram atualizadas

Agora nos dedicamos a um filme por mês, sem deixar de lado as críticas dos lançamentos no cinema. Venha com a gente descobrir curiosidades dos nossos especiais e se atualizar das estreias nas telonas!

Receba por e-mail

Gêneros

Resenhas (771) Drama (235) Lançamentos (136) Ficção científica (109) Aventura (102) Comédia (76) Musical (52) Terror (47) Ação (46) Fantasia (36) Animação (29) Comédia romântica (25) Épico (24) Faroeste (22) Biografia (21) Thriller (7)

Arquivo do blog

Google+ Followers

Seja parceiro

Descubra como!
 
Copyright ©
Created By Sora Templates | Distributed By Gooyaabi Templates