3 blogueiras + 1 desafio = aprimorar a cinefilia.
DVD, sofá e pipoca,
formando cinéfilas melhores!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Bravos e livres???

Freedonia, terra dos bravos, livres e anarquicos non-sense
Participando deste projeto, já viajamos aos lugares mais distintos. Estivemos, no deserto, em mar aberto, em galáxias distantes e até em algum lugar além do arco-iris, mas ouso afirmar: não há lugar como Freedonia, terra dos bravos e livres!

Bravos e livres, é?... Tá mais para anárquicos non-sense.

O pequeno país está em uma crise financeira. Para conseguir dinheiro aceitam as exigências da milionária senhora Teasdale (Margaret Dumont, pompa e postura digna de filme mudo) e tornam Rufus T. Firefly (Groucho Marx) seu soberano. Ele não leva jeito algum para o cargo e logo aparecem planos de golpe vindo do país vizinho. Sylvania contrata dois espiões para coletar informações sobre Firefly, Chicolini ( Chico Marx), que além de espião também trabalha como vendedor de amendoim e Pink (Harpo Marx).

O filme é curtinho, pouco mais de uma hora, e acredite se quiser a enorme sinopse acima não conta tudo (até porque não teria graça!). Ainda tem muita história cujo desenrolar é, no mínimo,  inusitado, não pela história original, mas por como ela é contada, com diálogos sem sentido ditos por personagens de acuidade mental duvidosa.

Em matéria de insanidade, os irmãos Marx, dão um show. O que torna ainda mais estranho o fato de poucos conhecerem seus filmes.  Físicas ou verbais suas piadas são impagáveis. Destaco a cena do espelho. É boba, mas por alguma razão me fez rir a beça. E anoto uma frase para usar mais tarde: Bem, em quem você vai acreditar, em mim ou em seus próprios olhos?

Ainda sobra tempo para cenas sem função alguma na trama, como as das barracas de amendoim e limonada. E e grandes e bem coreografados números musicais. Afinal, não existe nada mais non-sense que sair cantando e dançando, sem razão aparente em meio a uma conversa séria. Muito apropriado para contar a história de Freedonia, terra dos bravos, livres e anárquicos non-sense.

4 comentários:

Andie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiane Bastos disse...

Oi Andie,
por algum motivo misterioso do blogger sua mensagem foi removida, mesmo assim a recebi no meu e-mail.

Respondendo a sua pergunta, participar é bem fácil. Todo domingo agente publica a ficha do filme da semana. Se te interessar, basta assistir e enviar suas impressões, critica, resenha, o que quer que seja através da nossa página de contato. (http://dvdsofaepipoca.blogspot.com/2009/12/contato.html ou clique lá em cima no ícone)

O filme da semana é O Diabo a Quatro de 1933.

Desde já seja bem vinda!